Sem-categoria

Sobre livros

::: O Mark convidou, eu demorei e ele mandou um email cobrando. Então bora lá… é um même, como Mark explica: “Meme está para a memória assim como o gene está para o DNA. Na blogosfera, a idéia é que um meme se torne uma corrente e que se prolifere pelos blogs de forma sináptica”. So…

“Os cinco livros mais importantes da sua vida”
Difícil… com a memória que eu (não)tenho, coisa rara é lembrar de nome de livro. Mas esses, lembrados agora enquanto olhava pra biblioteca aqui de casa, realmente sempre voltam à minha mente:

Deus trabalha no turno da noite – indico para todos. To-dos. Li há anos atrás, acho que antes dos 20. Esse eu posso dizer que nunca vou esquecer.

As cinco linguagens do amor para solteiros – os autores são evangélicos, mas mesmo se você não for, pode ler à vontade sem “medo” de que seja um texto cheio de “arrependa-se”. (Parentese: medo, nesse caso, é pura bobagem. E arrepender-se, necessário. Fecha.). Enfim, o livro mostra que existem cinco “linguagens” que falamos para expressar amor – umas mais, outras nem tanto. Independente de qual seja a sua, descobrir isso (tem um teste) e aprender a dos seus queridos é algo fantástico para fazer relacionamentos crescerem. O livro original é “As 5 linguagens do amor”, que era mais voltado para casais. Hoje já existem versões para adolescentes, crianças/filhos…

Em seu lugar – livro que rendeu o filme (In Her Shoes), tem uma história linda de relacionamento entre irmãs. Foi nele que conheci “I Carry Your Heart” e “The Art of Losing”, dois poemas maravilhosos. O próprio Mark me deu o livro de aniversário, mas eu não sei onde ele está (e sofro toda vez que lembro disso).

O caçador de pipas – acho que todo mundo já ouviu falar desse livro. Clichês e modismos à parte, me marcou pela história e também pelo momento em que foi lido: eu e dois amigos entramos num “círculo” de leitura e, em menos de um ano, cada um leu uns 5 livros – todos rodando entre os três. Um desses amigos ganhou gosto por leitura nessa história e hoje lê mais que eu e a outra amiga…

Cores para minha beleza – livro muuuito velho, da Ediouro, década de 80. Não é mais publicado (e se alguém descobrir onde vende um, me avise. O meu está despedaçando). Talvez tenha sido meu primeiro contato com o mundo da maquiagem, cores, beleza, moda clássica. O livro ensina como se valorizar através das cores: as melhores para cada tipo de mulher, numa combinação de características que eram agrupadas em estações do ano. Eu sou inverno e as cores realmente funcionam.

Nem foi tão difícil lembrar! Mais complicado foi não escrever muuuuito sobre cada livro. Passo para Bia, Dudu, Lé-ri-bi Means e a (quase) Balzaca. Será que alguém responde?

Anúncios

2 thoughts on “Sobre livros”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s