rina pri

::: Eu sei que não sou uma pessoa muito boa (né, Tide? Vc é totalmente não-bom, eu sou só não muito boa… rsss). Mas às vezes eu tenho uns pensamentos que me assustam, pela minha capacidade inventiva, pela forma como eu às vezes quero que o passado continue acontecendo no presente/futuro, pela minha falta de vergonha na cara comigo mesma e pela certeza de que o que pensei não é, nem de longe, o melhor pra mim, nem o correto, nem o nada. Mas eu ainda assim penso. O que eu penso? Às vezes eu  fico desejando a desgraça para outros, para que eu tenha o que eu quero naquele momento. Egoísta, né? Até a alma. Mas daí lembro de tudo o que eu sei que é melhor pra mim, o que é passado, presente e o que pode ser o futuro, revejo todas as minhas análises sobre o fato e rio desse pensamento. Ainda fica um “ah, mas e se… que que tem?…” e por aí. Mas a certeza que eu sei o que não quero também. E a plena convicção de que o passado deve ficar lá no passado, por melhores que sejam as lembranças.

Complicada? Eeeeeeeeeeeuuuu? ‘Magina!!!!!!!!

Anúncios

3 thoughts on “”

  1. Como disse alguém:

    Lembre do passado e depois esqueça-o.

    Querendo dizer, não obste as lembranças que teimam tomar conta do presente, mas aprenda a lidar com os sentimentos que elas incitam.

  2. Aron: eu to tentando! E, na maioria das vezes, tive sucesso! Eee!

    Noemi: vc sumiu… 😦 e nao vale por a culpa no namorado. rsss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s