rina pri

Obrigado, turbilhão!

::: Texto do Dante Netto, que devia juntar todas as bonitezas que ele já tem escritas e publicar num livro de papel (enquanto eles ainda existem), só pra deixar minha estante mais bonita 🙂

Obrigado, turbilhão!

Sou maior que acreditei ser. E não digo isso querendo dizer que sou melhor ou mais capaz, e sim que sou ainda mais desconhecido diante de mim mesmo.

Se as épocas de paz decantam toda a sujeira pra bem fundo, longe do olho, as épocas de maré revoltam toda a bela cristalinidade que deixava os raios de sol submersamente visíveis e bailantes.

Quando nada incomoda, quando as coisas simplesmente correm do jeito certo, acredita-se estar seguro, forte, como se nada mais pudesse perturbar a suavidade do passar do tempo e da vida.

Contudo, se de repente, entra-se em contato com algo que abala, as águas se movem, e quem aproveitava-se da superfície e de sua beleza límpida, agora vê a areia suja e desconhecida surgindo das profundezas e subindo como fumaça na água.

Quando menos se espera, a água inteira está tão negra como a imundície da areia, e não se consegue ver mais nada. Tudo é tão incerto, inseguro e escuro. Não há beleza para se apreciar ou senso de direção para seguir. Estar no mar nada mais é que um pesadelo escondido pelo sonho de liberdade.

Na época de paz, ninguém mergulha para recolher a sujeira ou explorar as profundezas. Por algum motivo, nada no fundo parece importar ou ter beleza. As coisas devem ser deixadas como estão, imutáveis. Poucos se atrevem a descer para, de alguma forma, entender o que afinal é aquele outro mundo.

Só que mesmo nas épocas de paz, existem correntezas mudando os resíduos de lugar, e de vez em quando trazendo pequenas partes para a superfície. Não existe qualquer tipo de segurança em um ambiente tão instável. A escolha de como viver é difícil, pois todos estão tão perdidos quanto todos os outros que derivam sem destino.

Essa vida é o oceano.

Essa vida toda é o oceano…

Dante Netto, em Dilúvio Mental

Anúncios

2 thoughts on “Obrigado, turbilhão!”

  1. Olá pessoal gostei tanto e se todos os jovens acatassem os bons conselhos creio eu que haveria uma grande melhoria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s