rina pri

Sobre cozinhar

::: eu nao gosto de cozinhar, e isso não é nenhuma novidade. não gosto, não tenho paciência, não levo muito jeito (quase nada). cozinho para subsistência, só.

eu gosto de lavar a louça. então, nos encontros de amigos, eu sempre lavo a louça. e não ajudo a cozinhar. nunca. isso é uma regra estabelecida por mim – nunca ajudar os outros a cozinhar (do tipo “faz o molho pra mim?” “corta esse tomate?”. nao, eu não faço. eu fujo mesmo). mas tem motivo.

veja bem, quem cozinha tem suas manias. e eu, apesar de ser avessa à cozinha, também tenho minhas manias. porque eu não gosto de cozinhar, mas sempre adorei ver programas de culinária e ler sobre o tema. então eu também tenho o meu jeito de cortar o tomate, o tempero, de mexer a comida na panela. e certamente vai ser diferente do jeito de quem está cozinhando.

aí a pessoa pede minha ajuda. eu já pergunto “como você quer que faça”, mas invariavelmente a resposta é sempre “ai, é só fazer” ou alguma variável que indica para fazer do meu jeito. e aí eu começo. e a cozinheira da vez começa a dar pitaco no que eu to fazendo. e aí eu fico abusada. por que não disse logo exatamente como era pra fazer?

por isso, eu fujo da cozinha quando tem outra pessoa cozinhando. especialmente quando juntamos a mulherada, porque aí fica todo dentro da cozinha, dando pitacos e ordens. eu fujo. e depois mando todo mundo embora pra lavar a louça do meu jeito (porque eu sou chata pra caramba com a pia que está sob meus cuidados!).

mas tem vezes que não dá pra fugir e é preciso se dispôr a ajudar. como quando minha mãe está fazendo o almoço e eu to lá do lado, sentada, batendo papo. e fazendo nada.

hoje foi um desses dias. ela pediu pra eu fazer um vinagrete. OI, GENTE, VINAGRETE NÃO TEM SEGREDO. “pimentão (ou não, vai do seu gosto), cebola, tomate. vinagre ou suco de limão (gosto mais), azeeeeeite, sal”. se for do seu agrado, uma pimentinha de cheiro também cai muito bem.

mas mamãe queria por maçã no viangrete. MAÇÃ! “tem na receita”. aí descobri que a receita tinha tomate VERDE, maçã VERDE, manjericão e tempero verde. Era um “molho verde”, não um vinagrete. ela adora subverter as receitas, “adaptar”. humf. mas isso é outra história.

ok, tirei a maçã. deixei o manjericão, o tomate (que tava muito maduro pra um vinagrete), cebolinha verde, pimenta biquinho, pimentão. não tinha cebola.

mal comecei a cortar, ela veio dando palpite. maravilha, hein -.- “tem muito manjericão”. “põe mais cebolinha”. “não coloca muito limão, hein”. “cuidado com o sal”. affff…

não é que eu não queira ajudar. mas se é pra eu fazer, me deixa fazer! tá vendo porque eu fujo da cozinha? já não curto, ainda tem uma chuva de palpites toda vez que to ajudando alguém… aí eu desisto mesmo. fico com a minha louça ^^

Anúncios

1 thought on “Sobre cozinhar”

  1. Ri, apesar de gostar e cozinhar, também compartilho as mesma opnião. Acho que cada um tem que encontrar seu próprio jeito, seu diferencial, ou talvez possamos definir, seu charme na cozinha. Se vc ainda não encontrou o seu, é tentando que a alquimia acontece…e de uma hora para outra você vai se decobrir tendo os seu segredos, que pelo menos para mim trouxeram um certo prazer.
    Beijão e não desiste da cozinha não, rs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s