rina pri

Querido diário, hoje não foi um dia legal

::: Se eu começar falando que hoje não foi um dia bom vai soar muito, muito, muito pessimista/~baixo astral~ da minha parte, né? Então vou começar diferente: eu já tive dias melhores que hoje…

Tudo começou com a percepção real (e alguns tapas na cara) de que sim, eu estou trabalhando demais. Eu sei disso. Mas assumi os projetos e preciso dar conta. Logo, depois de outubro eu repenso (um deles acaba 30 de setembro). Até lá, tenho que fazer malabarismo pra trabalhar com três/quatro projetos totalmente distintos na minha cabeça. Isso aconteceu na terça, depois de uma reunião super bacana com algumas das Luluzinhas que trabalham com gestão de internet/TI/desenvolvimento em algum nível ou de alguma forma. A reunião foi excelente. Mas uma simples pergunta minha lá, já quase no final, me fez perceber (pelas respostas) que sim, a coisa tá feia pro meu lado.

E aí parece que perceber isso me fez, ontem, ser a pessoa mais cansada da face da Terra. Ok, eu fui dormir bem tarde na terça (bons motivos) e acordei cedo na quarta (pra dar aula de inglês na empresa). Mas normalmente eu não teria ficado TÃO cansada. Ontem, ao chegar em casa, eu mal fiz a tríade tirar sapato/fazer xixi/tirar a roupa. Eu parei na calça jeans e deitei do jeito que estava, de camiseta e sutiã (de sutiã, véi…). Falei 3 palavrinhas no FB e cataploft, morri. Não vi resposta. Dormi, com a mão segurando o celular. Dormi acho que por mais de uma hora. Acordei grogue, com sono, querendo continuar ali.

Mas levantei, até porque precisava comer alguma coisa salgada (tava tonta, já). Levantei depois de uma hora enrolando (por isso tava tonta, “já”). Eu precisava terminar um freela, mas cadê cabeça pra traduzir uma entrevista (bacana) sobre uma linguagem de programação? Enquanto descongelava uma sopa, coloquei roupa na máquina. Depois comecei a assistir um episódio de Glee, mas parei logo que terminei a sopa. Estendi a roupa, escovei os dentes, deitei e fiquei quietinha até dormir de novo.

Hoje acordei mais mau humorada do que tava ontem. Sério. E fiquei assim o dia praticamente todo. Piorando depois do almoço – resolvi comer um peixe empanado, porque o frango era frito-pingando-óleo (e eu não como carne ensopada). Só que bateu torto no estômago, que ficou reclamando e me levou a uma enxaqueca.

To dizendo, não tinha nem que ter saído da cama hoje…

Ganhei um advil, que aliviou a cabeça, mas não o estômago. E lá pelas tantas resolvi entrar no meu mundinho paralelo – coloquei os fones de ouvido. Primeiro escutei uma playlist daqui pra dias de mau humor, mas eu tava quase matando um por conta das músicas. Melhorou depois. Aí, como vi que tava fazendo efeito, resolvi tocar a minha playlist felizinha no celular. E só então eu posso dizer que o humor começou a virar…

Neste momento to aqui inclusive cantando “eme ó ene ó bê éle ó cê ó – UH! Monobloco!”

E isso é bom. Chegarei em casa mais alegrinha. Darei um tapa nas coisas pras visitas que chegam logo mais. Sábado é casamento de Patrão, mas a farra começa hoje!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s