Publicado por: Rina Pri | 05/05/2014

Some days are better than others

::: Certeza que eu já usei esse título. Mas, na falta de um melhor, que seja um repeteco.

Até porque é sempre uma boa lembrar dessa música em dias como hoje, que não estão lá grandes coisas. Essa segunda está com toda a cara do clichê.

E nem tem nenhum motivo aparente.

Some days take less, but most days take more
Some slip through your fingers and on to the floor.

O final de semana prolongado foi ótimo. Descansei, me diverti, tive das conversas que vão da aranha que subiu pela parede até as grandes filosofias existenciais, do não é por nada não até um cheiro de futuro tão incerto quanto palpável. Do feijão com arroz a um prato super elaborado. De reafirmações, descobertas e contemplação.

Parecia que eu sabia exatamente a segunda que viria quando olhei pro pôr do sol, ontem, e disse que hoje não merecia ser uma segunda-feira.

E quando acordei hoje fora do padrão eu já sabia que o que viria não seria tão bom.

Some days are sulky, some days have a grin;
And some days have bouncers and won’t let you in.

Trabalhei de forma pesada. Coração acelerado, eu acelerada. Preocupada. Chateada e aborrecida com coisas que simplesmente não precisariam estar ali.

Almocei sozinha porque não queria conversar, muito menos ouvir o mesmo nhém-nhém-nhém. Comi rápido e pouco. Trabalhei sem conseguir pausar. E se não tivesse horário marcado no salão, talvez não tivesse parado.

Sim, salão. E, ao contrario de sempre, não vai ser um ponto alto do dia. Na verdade, eu to até com medo de a cor dar errado.

Some days are slippy, other days are sloppy;
Some days you can’t stand the sight of a puppy.

Mas aproveito o trajeto até o cabeleireiro para respirar, escrever e pensar nos dias que virão. A semana promete ser agitada e igualmente deliciosa, com direito a chegar ao final de mais um evento com a sensação de dever cumprido e comprido, e de comemorar aniversário do querido.

Pode ser nada. Pode ser saudade (que será ~matada~ sábado). Pode até ser um muito consciente subconsciente reclamando aquela sensação de pertencimento de coisas passadas. Mas o importante é que some days are better than others.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: